Em 11/01/2018 às 12h11

Blocos carnavalescos precisam se cadastrar junto ao Corpo de Bombeiros

O tradicional Bloco do Remo é o maior em número de foliões da cidade e desfila sempre na quinta-feira

O tradicional Bloco do Remo é o maior em número de foliões da cidade e desfila sempre na quinta-feira

Download
O Corpo de Bombeiros, através do 4º Pelotão de Leopoldina, está divulgando orientações para blocos carnavalescos que estão programando desfilar durante o reinado de Momo. De acordo com o comandante daquela unidade, Tenente Guilherme Cantelle, qualquer atividade neste sentido é necessário antes, fazer uma comunicação ao Corpo de Bombeiros por meio do preenchimento de um formulário próprio com assinatura do organizador do bloco, com firma reconhecida em cartório, informou.

Tenente Cantelle explica como devem proceder os responsáveis por blocos, charangas ou outro tipo de manifestação pública durante o Carnaval. "O responsável deve baixar o Formulário de Informações sobre Blocos Carnavales e também a nossa Instrução Técnica 39 acessando clicando no link ao final desta matéria", diz. Ele revela ainda que este formulário deverá ser entregue e protocolado junto ao Corpo de Bombeiros com no mínimo três dias úteis de antecedência à realização da atividade carnavalesca.

O formulário é gratuito e Cantelle explica também que não há necessidade da contratação de Responsável Técnico (Engenheiro ou Arquiteto) para protocolar a comunicação. No caso das cidades que são atendidas pelo 4º Pelotão de Bombeiros Militar de Leopoldina, os responsáveis por blocos deverão protocolar o formulário naquela cidade, na Rua José Peres, 684. Ele acrescenta que haverá fiscalização e os blocos não regulares poderão ter suas atividades interditadas caso o risco iminente de incêndio ou pânico seja caracterizado, finalizou.

O Secretário de Cultura e Turismo de Cataguases, Fausto Menta, orienta a todos os blocos que estão se organizando para desfilar durante o carnaval a também obterem junto à Prefeitura o devido Alvará. Ele revelou que os Blocos do Remo, Cerca Onça e Vem que Dá, estudam desfilar. "Conversei com representantes destas três agremiações e orientei também sobre a necessidade de estar em dia com as obrigações do Corpo de Bombeiros, que é essencial para que possam sair e mostrar toda a irreverência e descontração, com muita alegria e animação", finalizou. 

Formulário e Instrução

Tags: Bombeiros, Blocos, carnaval, segurança





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!

desenvolvido por: