Em 08/01/2017 às 08h00

Arcílio deixa a seu sucessor R$ 2,5 milhões no caixa da Prefeitura de Astolfo Dutra

Arcílio Ribeiro, ao centro, com Bruno Ribeiro, à direita, o prefeito empossado, durante a transmissão de cargo

Arcílio Ribeiro, ao centro, com Bruno Ribeiro, à direita, o prefeito empossado, durante a transmissão de cargo

Download
A posse do novo prefeito de Astolfo Dutra, Bruno Ribeiro, no último domingo, 1º de janeiro, foi marcada pela participação popular e de convidados, mas também pela situação financeira confortável do município, conforme destacou o prefeito que competava sua administração, Arcílio Venâncio Ribeiro, após dois mandatos consecutivos. Ele entregou o caixa da Prefeitura com mais de R$ 2,5 milhões já descontada a folha de pagamento de dezembro, conforme revelou ao Site do Marcelo Lopes.

Arcílio Ribeiro é um administrador reconhecidamente competente e dinâmico que conseguiu não apenas manter as contas do município em dia neste período de crise aguda, como também, escapar das ciladas de buscar saídas fáceis. Adotou um regime de austeridade e prioridade de ações em seu último mandato que culminaram na adequação de receita e despesa trazendo benefícios para a população em geral e, agora, ao final de sua gestão, sem faltar recursos, deixa verbas para seu sucessor não ter de interromper os programas em andamento.

De acordo com o Termo de Transmissão de Mandato assinado pelo prefeito empossado e ele, bem como os dois vices-prefeitos, o que entrava e o que saía, Astolfo Dutra começa 2017 com a quantia de R$ 2.525.683,62 em caixa. Este montante está assim dividido, ainda conforme consta o documento: R$ 224.031,04 em recursos próprios do município; R$ 637.926,57 em recursos da Multa de Repatriação; R$ 274.626,60 em recursos da Saúde; R$58.989,56 em recursos da Educação; R$ 17.896,46 em Recursos da Assistência Social; R$1.017.213,39 em Recursos referentes a convênios diversos e R$ 295.000,00 em recursos para pavimentação.

Arcílio explicou ainda durante a transmissão de cargo que já existe um projeto para a construção da capela mortuária no distrito de Sobral Pinto que "vai custar R$ 120 mil" e pediu ao seu sucessor que priorize sua realização, recebendo dele resposta afirmativa. O ex-prefeito ressaltou também o momento de dificuldade que foi este mandato devido a crise financeira que se abateu sobre o país. "Foi um teste de amor ao município e dedicação muito maior do que de talento para administrar porque a cada momento as dificuldades aumentavam, mas, graças a Deus, conseguimos vencer mais este desafio com seriedade, honestidade e muito trabalho", finalizou. (Foto: Prefeitura de Astolfo Dutra)

Tags: Arcílio, Astolfo Dutra, Transmissão de Cargo, posse,





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!