Em 11/04/2018 às 20h00

Cataguases debate a violência doméstica e a ampliação da rede de proteção da mulher

O "Ônibus Lilás" ficou estacionado em frente ao Paço Municipal prestando atendimento à comunidade

O "Ônibus Lilás" ficou estacionado em frente ao Paço Municipal prestando atendimento à comunidade

Download
Foi realizada nesta quarta-feira, dia 11, na sede da Secretaria dos Conselhos, da Prefeitura de Cataguases, uma roda de conversa com a rede de apoio de enfrentamento da violência doméstica que contou com a presença da Diretora de Inclusão das Mulheres e Fortalecimento de Redes, Andréa do Socorro Luiz e da psicóloga Júnia Beatriz Mattos, ambas da Secretaria de Estado de Diretos Humanos, Participação Social e Cidadania de Minas Gerais (SDHPSC). O evento contou com a participação de várias mulheres da comunidade, bem como, do vice-Prefeito Tita Lima, da Secretária de Desenvolvimento Social, Mirilane Licazali, e sua equipe técnica, além das profissionais da Casa de Maria e da presidente do Conselho da Mulher, Rita Bento.

imageO evento, que acontece novamente amanhã, dia 12, de 8 às 14 horas, no distrito de Sereno, tem por objetivo formar e fortalecer a rede de proteção à mulher vítima de violência doméstica. A diretora Andréa Luiz elogiou a estrutura da rede de atendimento do município e trouxe sugestões para a sua ampliação, de modo a atender comunidades que possam estar desassistidas, como a população feminina da área rural. Para isso, a Secretaria de Estado enviou uma unidade móvel itinerante, o "Ônibus Lilás", que ficou estacionado em frente o Paço Municipal, para realizar atendimentos diversos e encaminhamentos para os equipamentos locais que compõem a rede, como a própria Casa de Maria, CRAS e CREAS.

Conforme lembrou a Diretora de Proteção Social da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Luiza Franco, as rodas de conversas têm o intuito de debater os direitos femininos e combater a violência doméstica, levando esclarecimentos sobre diversos temas relacionados, além de divulgar o trabalho realizado no município. No começo da reunião, a equipe da Casa de Maria apresentou um vídeo com suas ações e um gráfico demonstrando o atendimento prestado, deixando claro que a rede tem a meta de acolher e auxiliar a mulher. Foram esclarecidos os modos de abordagem e como o equipamento pode ser acionado para auxiliar as mulheres que sofrem qualquer tipo de violência, seja ela física ou psicológica .

imageA realização desta ação, que tem o apoio da Prefeitura de Cataguases, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, também foi prestigiado pela Delegada da Polícia Civil Érica Nascimento Guedes e pelo Sargento da Polícia Militar José Luiz. 

image

Fonte: Da Redação

Tags: ônibus lilãs, violência doméstica, Assistência Social





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!

desenvolvido por: