Em 14/11/2017 às 16h00

Governo de Minas estuda rebaixar Companhia PM de Leopoldina

Medida, se concretizada, vai afetar diretamente Cataguases que passará a ser subordinada ao Batalhão de Ubá

Sede da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar de Leopoldina

Sede da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar de Leopoldina

Download
Em pronunciamento proferido na Câmara Municipal de Leopoldina, durante a reunião ordinária do dia 7 de novembro, o vereador José Augusto Cabral deu conhecimento aos colegas sobre a possibilidade de rebaixamento da 6ª Companhia de Polícia Militar Independente, sediada naquele município e que comanda Cataguases e outras cidades da microrregião como Além Paraíba e Miraí, por exemplo. De acordo com aquele vereador, estudos do Governo de Minas pretendem modificar a estrutura da Polícia Militar no estado, fechando Batalhões e rebaixando Companhias Independentes, como a de Leopoldina, que passariam para a condição de Companhia Especial ou Companhia Comum.

José Augusto Cabral revelou, também, que se tal proposição for efetivada, a Unidade da Polícia Militar em Leopoldina vai perder seu status de Companhia Independente passando a ser subordinada ao 21º Batalhão de Ubá, como era no passado. No dia seguinte, ele voltou a falar sobre o assunto no programa "Jornal da Cidade", levado ao ar pela Rádio Jornal AM. Naquela ocasião o vereador reiterou a possibilidade de rebaixamento da 6ª Cia. Independente como sendo "um retrocesso inaceitável" e conclamou a união das lideranças políticas e dos demais segmentos municipais a deixarem a vaidade de lado e somar esforços para reverter a situação. 

image- Não podemos concordar com a intenção do Governo de Minas, do Governador Fernando Pimentel. Num momento em que Leopoldina e as nossas polícias precisam de mais investimentos, a possibilidade de rebaixamento é algo grave, que não podemos aceitar", afirmou o vereador (foto ao lado). Ele fez um apelo aos seus pares na Câmara para que procurem seus deputados estaduais e federais, com o objetivo de fortalecer esta luta em defesa de Leopoldina.

Na segunda-feira, 13, o prefeito José Roberto de Oliveira, veio a público por meio de sua página pessoal do Facebook, revelar que ao tomar conhecimento da notícia procurou o deputado estadual Antônio Jorge que agendou uma reunião com o comandante da 4ª Região da PMMG, em Juiz de Fora, Coronel Alexandre Nocelli. Neste encontro, relata o prefeito foi revelado a existência de um estudo por parte do governo, que visa o contingenciamento das forças policiais, e que uma das estratégias é a extinção de alguns Batalhões e Companhias Independentes, a fim de diminuir a presença de policiais na administração dos quartéis, empregando esse efetivo nas atividades de rua.

imageJosé Roberto (foto ao lado) afirmou não concordar com esta medida acrescentando que vai rever o convênio que mantém com a PM. Outra medida adotada pelo chefe do Executivo de Leopoldina foi reunir todos os seus secretários para analisar o caso e tomar uma "decisão segura para o enfrentamento da situação". O presidente da Câmara de Leopoldina, vereador Pastor Darcy Portela, disse que vai se reunir com os demais vereadores a fim de tomar uma posição contrária à possibilidade de rebaixamento da 6ª Companhia de Polícia Militar Independente. (Fotos: O Vigilante Online)

Fonte: O Vigilante Online

Tags: polícia militar, batalhão, companhia, rebaixar





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!

desenvolvido por: