Em 10/10/2017 às 21h00

Ministério da Saúde libera R$ 4 milhões para ampliação do Samu na Zona da Mata

Recursos vão beneficiar 25 cidades com compra de 38 ambulâncias para atendimento de urgência e emergência.

Municípios que já tinham uma ambulância, como é o caso de Cataguases, vão receber mais um veículo

Municípios que já tinham uma ambulância, como é o caso de Cataguases, vão receber mais um veículo

Download
Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira, 10 de outubro, a liberação de mais de R$ 4 milhões para compra de 38 ambulâncias em 25 cidades da Zona da Mata. Cataguases foi beneficiada com mais uma ambulância, atendendo uma reivindicação antiga do setor no município.

Os veículos serão destinados ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e, em todo o país, 155 municípios foram beneficiados – 84 deles em Minas Gerais. O estado é o que mais recebeu investimentos, SP foi o segundo, com 41 cidades.

A nível nacional, foi liberado mais R$ 33 milhões para ampliar e qualificar o serviço de urgência e emergência.

O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, em Brasília (DF). Ele garantiu que, com a expansão, a cobertura do Samu chegará a 84,1% da população do Brasil.

O Samu
O objetivo do Samu é socorrer rapidamente pacientes que precisam ser levados a unidades de urgência e emergência para atendimentos clínicos, cirúrgicos, obstétricos, entre outros. O serviço funciona 24 horas por dia e o acionamento é feito pelo número 192.

Cidades que receberam recursos nesta terça:

Além Paraíba: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Andrelândia: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Astolfo Dutra: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Bicas: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Bom Jardim De Minas: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Carangola: duas ambulâncias; investimento de R$ 222.180,00

Cataguases: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Ervália: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Espera Feliz: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Fervedouro: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Goianá: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Juiz De Fora: oito ambulâncias; investimento de R$ 866.472,00

Laranjal: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Leopoldina: duas ambulâncias; investimento de R$ R$ 222.180,00

Lima Duarte: duas ambulâncias; investimento de R$ 222.180,00

Matias Barbosa: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Miraí: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Muriaé: duas ambulâncias; investimento de R$ 222.180,00

Patrocínio do Muriaé: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Rio Pomba: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Rio Preto: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Santos Dumont: duas ambulâncias; investimento de R$ 222.180,00

São João Nepomuceno: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Senador Firmino: uma ambulância; investimento de R$ 105.528,00

Ubá: duas ambulâncias; investimento de R$ 222.180,00


Total: 38 ambulâncias; investimento de R$ 4.099.056,00 (Foto: Franciele do Vale/G1)

Fonte: G1 Zona da Mata

Tags: Samu, ambulância, cidades, Zona da Mata, Saúde





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!

desenvolvido por: