Em 07/10/2017 às 19h30

Condenado marido que matou a esposa dormindo em São Sebastião da Vargem Alegre

Réu confesso, ele recebeu pena de 32 anos de prisão em regime fechado, mas tentou mudar a versão dos acontecimentos

O promotor que atuou no julgamento, Gustavo Garcia Araújo: vítima não teve direito a defesa

O promotor que atuou no julgamento, Gustavo Garcia Araújo: vítima não teve direito a defesa

Download
No dia 31 de dezembro der 2016, Claudinei chegou de madrugada em sua casa em São Sebastião da Vargem Alegre/MG (54 km de Cataguases) e, munido de uma faca, fez um corte profundo no pescoço de sua esposa, Gésica Aparecida Alves, 20 anos, que dormia na cama do casal e depois tentou se matar. Seis dias depois ele foi preso pela equipe da Polícia Civil de Cataguases sob o comando do Delegado de Miraí, Diego Mattos, e em depoimento assumiu a autoria do crime e revelando que praticou o delito porque sua esposa estaria tendo um relacionamento extraconjugal.

imageDurante o julgamento, o promotor Gustavo Araújo, defendeu a tese de que o crime "foi praticado por motivo fútil, com recurso que impossibilitou a defesa da vítima, qualificado por feminicídio e na frente do filho de cinco anos de idade", disse Gustavo ao Site do Marcelo Lopes. O réu (foto ao lado), porém, mudou sua versão dos fatos ao depor perante o juiz. Ele disse que a mulher veio para cima dele com a faca, mas conseguiu tomar dela o instrumento e a matou. 



imageOs jurados, porém, não acreditaram nesta nova história e acataram os argumentos da Promotoria, condenando o réu a 32 anos de prisão, segundo aquele Promotor, "a maior pena aplicada por um tribinal de Júri que já vi em quase vinte anos atuando em julgamentos como este", afirmou. Ele completou dizendo que "a família e amigos da vítima presentes à sessão, ficaram aliviados com a resposta dada a esse bárbaro crime", disse. (Fotos: Arquivo)

Relembre o caso clicando aqui.

Tags: crime, suicídio, São Sebastião da Vargem Alegre, homicídio





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!

desenvolvido por: