Em 06/10/2017 às 12h00

Cataguases tem crescimento na oferta de emprego em agosto, revela Caged

Cidades da Zona da Mata e Vertentes estão entre as que mais contrataram no período, revela o diagnóstico

Vista aérea de Cataguases: em agosto município ofereceu mais vagas de emprego do que o total das demissões

Vista aérea de Cataguases: em agosto município ofereceu mais vagas de emprego do que o total das demissões

Download
A retomada na criação de vagas formais de trabalho no Brasil começou a ter reflexos positivos nas maiores cidades da Zona da Mata e do Campo das Vertentes. As informações foram obtidas pelo G1 que revelou terem elas apresentado saldo positivo na comparação entre admissões e desligamentos no mês de agosto de 2017.

De acordo com os últimos dados atualizados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), apenas duas entre as oito maiores cidades da região apresentaram saldo negativo em agosto - Viçosa e Ubá. Esta última, no entanto, mantém positivo o número de contratações no acumulado em 2017.

Com base no período entre janeiro e agosto de 2017, as cidades da região que apresentaram maior saldo de admissões foram Leopoldina, com 198; Cataguases, com 195 e São João del Rei, com 183. No mesmo período, o Estado acumula um saldo positivo de 53.703 novos postos de trabalho criados.

Em entrevista ao G1 o subsecretário de Trabalho e Emprego de Minas Gerais, Antônio Roberto Lambertucci, analisou os números Caged. Para ele, o saldo positivo traz perspectivas animadoras, mas a questão deve ser vista com cautela.

No último balanço do Caged, referente ao mês de agosto, as cidades da região que mais criaram vagas de trabalho foram Juiz de Fora, com 361; São João del Rei, com 68 e Muriaé, com 46. Neste mês, no entanto, o Estado apresentou saldo negativo de 9.445 demissões a mais do que admissões, o que justifica a cautela apontada pelo subsecretário.

"Temos que levar em consideração que neste período em que houve crescimento mais acentuado é quando as indústrias estão se preparando para as vendas de final de ano e, especificamente na Zona da Mata e Campo das Vertentes, foi período também de safras de açúcar e café, por exemplo", explicou Lambertucci.

No mês de agosto, foram criados 35.457 postos de trabalho no Brasil. O acumulado do ano já chega a 106.411. Em 2016, o saldo de agosto era negativo em 33.953 empregos e no período entre janeiro e agosto o país havia fechado 678.220 vagas formais.

Confira os últimos números do Caged nas maiores cidades da região:

image

Autor: Fellype Alberto

Fonte: G1 Zona da Mata

Tags: Caged, Trabalho, emprego, crescimento, vagas





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!

desenvolvido por: