Em 25/05/2014 às 19h47

Banda Mudhill faz o novo som do rock alternativo

Com influências de bandas dos anos 90, Mudhill apresenta composições próprias, entre o rock alternativo e o grunge, enquanto trabalha no segundo EP e se prepara para lançar seu primeiro disco

Os apazes da MUdhill produzem um som com identidade própria e do mais puro rock

Os apazes da MUdhill produzem um som com identidade própria e do mais puro rock

Download
Depois do EP Danger, liberado em outubro de 2013, a banda Mudhill tem conquistado espaço nos palcos da cena independente em São Paulo – e no interior – com a Danger tour 2014 e já conta com apresentações programadas em outras cidades, conforme informou a produtora da banda, a cataguasense, Lílian Donofre.

Nascida na capital paulista no início de 2013, a Mudhill é formada por Zeek Underwood (Fire Driven e Single Parents), Ali Zaher (Auster, Eletrofan e Gagged), Brunno Carvalho e Rodrigo Montorso.

Sua identidade sonora reflete um clima noventista, com fortes influências de Bob Mould, Dinosaur Jr., Foo Figthers e Hüsker Dü, com linhas de baixo e de guitarras bem marcantes e uma bateria vibrante.

O primeiro trabalho da banda, lançado pelo site Bandcamp, reúne as faixas Do it yourself, Memories run free, Beat’em or join’em e Danger – que dá título ao EP –, composições escritas por Zeek e Ali. A arte de capa é de autoria de Danilo Perin. 
Atualmente eles também têm gravado uma série de sessões acústicas no Zeek’s Home Studio, em São Paulo. Num desses encontros surgiu a música So far gone, divulgada, assim como as demais, na página www.facebook.com/Mudhillband. Para o próximo semestre eles prometem um novo EP, enquanto se dedicam à produção do primeiro disco, previsto para o início de 2015. 



image First things first

A Mudhill surgiu após o término das bandas Shed e Ludovic, encabeçadas por Zeek, que nunca deixou de compor. Em meados de 2008, Hugo Falcão, seu companheiro nas extintas bandas, sugeriu registrar algumas músicas num material próprio, que seria gravado por ele no Estúdio Falcão.

Eles recrutaram Brunno, um amigo de infância, para controlar o baixo e deram início às gravações, que foram mixadas sem compromisso ao longo dos anos seguintes. Mas a banda acabou não se firmando com aquela formação: Hugo embarcou num novo projeto, Zeek entrou em duas bandas – começou a tocar na Fire Driven e assumiu uma das guitarras na Single Parents –, e Brunno se afastou da música por motivos pessoais.

Durante esse hiato, Zeek entrou em contato com Ali, que também tinha composições prontas, e decidiram juntar as músicas para dar continuidade ao projeto. Em 2012, com a mudança de Hugo para Austrália, Zeek convidou Rodrigo para assumir a bateria – ele já havia tocado numa banda liderada por Hugo. 

Um ano depois a banda finalmente se estabelece e gravam quatro músicas novas – com baterias gravadas no Estúdio Subway, em São Paulo; baixos no Estúdio Sala 1, em Araraquara, e o restante no apartamento de Zeek, responsável por mixar e masterizar o material. 

A Mudhill é: Zeek Underwood (vocal e guitarra), Ali Zaher (baixo e vocal), Brunno Carvalho (guitarra e vocal) e Rodrigo Montorso (bateria).

Informações:
 Letícia Liñeira
Assessora de imprensa 
 mudhillband@gmail.com

Contato para shows:
Lílian Donofre
Produtora
liliandonofre@hotmail.com
(32) 9978-0402

Fonte: Assessoria de Comunicação da Banda Mudhill

Tags: Mudhill, Lilian, Donofre, rock, grunge, show





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!