Em 24/05/2014 às 15h24

Os Beatnicks fazem um belo show em Cataguases para lançar seu CD

Os Beatnicks mostraram talento e música da melhor qualidade

Os Beatnicks mostraram talento e música da melhor qualidade

Download
Que existem muitos grupos fazendo boa música em nosso país é inegável. Em todas as vertentes musicais é possível achar bandas competentes e musicalmente maduras, investindo em música de qualidade. O que, no entanto, nem sempre se acha com facilidade, são grupos inovadores, que acrescentem uma certa dose de frescor e vitalidade ao estilo que escolheram representar.

Os leopoldinenses do Beatnicks fazem parte desse seleto grupo inovador, fazendo uma MPB de qualidade, mas explorando novas sonoridades com a utilização de instrumentos peculiares como escaleta, baixo acústico e gaita, só pra citar alguns. Outra qualidade da banda, é que a mesma não se prende ao estilo, transitando por outros ritmos brasileiros e até mesmo o blues, com a vantagem de nunca perderem a identidade própria, algo raro nos dias de hoje.

Os Beatnicks se apresentaram nesta sexta-feira, 23 de maio, no Centro Cultural Humberto Mauro, em Cataguases, dentro do projeto Usina Cultural que tem produção do competente Fausto Menta, apoio da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho e patrocínio da Energisa, através da Lei de Incentivo à Cultura de Minas Gerais. O show também foi palco para a gravação de dois videoclipes dos "Beatnicks" e empolgou a plateia com as canções do reconhecido Serginho do Rock, uma merecida homenagem ao compositor leopoldinense de raro talento. 

Formada por músicos muito competentes e de talento inegável, escolher um de seus integrantes para entrevistar não foi tarefa fácil. A "eleita" foi, talvez, a mais conhecida do grande público e vocalista dos "Beatnicks", Thaylis Carneiro. Nosso bate papo aconteceu através da internet quando ela falou sobre o lançamento do novo CD do grupo intitulado "Maktub", e sobre os novos planos desse grupo super talentoso.  O bate papo resultou nesta entrevista que reproduzo, integralmente, abaixo.

image1- Como a banda foi formada e qual a atual formação? 
A banda foi formada em 2012, através de um convite que recebi da direção do Restaurante Lobato (em Leopoldina), por ocasião de sua inauguração, para fazer um show em homenagem ao Serginho do Rock. Na época eu só tinha o projeto "Samba de Dois" que mantenho com o Gabriel Nunes. Ai convidei a Luh pra percussão. Com ela veio o Rosa e por fim, e não menos importante, o Rodrigo de Sá e o que era pra ser apenas um show, tornou-se essa família Beatnick. A formação final conta comigo, Gabriel Nunes, Luh Carraro, Rodrigo Rosa e Rodrigo de Sá. Na produção, contamos com o talento de Rosane Marques.

2 - Vocês utilizam vários instrumentos diferentes na concepção do som do grupo. Acha que isto pode ser o grande diferencial do grupo?
Sim, a estrutura acústica e os arranjos vocais são os diferenciais do nosso som.

3 - O grupo apresenta diversas influâncias, do baião ao rock. Apesar da diversidade vocês se consideram uma banda de MPB?
Classificar o som q fazemos não e fácil mesmo pois no repertório tem samba, reggae, baião, rock e até blues. Mas existe uma essência nossa nesses ritmos. Na falta de outra categoria para nos classificar, acho que se encaixa melhor a MPB, pois nossa musica e genuinamente brasileira e mineira. O produtor do nosso disco, Nando Costa, define nosso som como MPB, música popular Beatnick.

 4 - Como foi o processo de gravação e criação do CD "Maktub"?
Gravamos o CD no Estúdio Versão Acústica, do cantor Emerson Nogueira. O processo foi maravilhoso, ficamos imersos na produção, dormindo, acordando e gravando juntos durante 11 dias. Foi uma experiência pra nossas vidas. E "Maktub" quer dizer estava escrito, porque acreditamos que isso tudo já estava escrito pra acontecer.

 5 - Quais são os planos atuais do grupo em termos de lançamento e divulgação?
Agora nosso objetivo é que esse som seja levado para o mundo. Faremos o lançamento em diversas cidades da nossa região e de outros estados. Em breve teremos essas datas. E daqui há um mês, mais ou menos, o CD será disponibilizado para baixar na internet através do nosso site wwww.osbeatnicks.com.br (ainda não está no ar) com a intenção de democratizar o acesso ao nosso som.

 6 - Sei que você mantém alguns trabalhos paralelos ao grupo. Qual projeto você tem desenvolvido neste sentido? Há previsão de algum lançamento em CD de algum destes projetos?
Sim, o grupo é formado por duas bandas. Eu e Gabriel, com o Samba de Dois, estamos em processo de composição e pré- produção do nosso CD que será gravado no primeiro semestre do ano q vem. Já os Rodrigos (Rosa e Sá) com a "Hey Joe" estão finalizando as gravações do CD da banda. E a Luh também tem planos na carreira solo. Vem muita música por ai no que depender dessa turma.

Veja mais fotos do show na galeria abaixo.

Autor: Márcio Chagas

Tags: show, usina, cultural, Beatnicks, Fausto Menta





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!