Em 20/03/2013 às 14h00

Servidores do Distrito Federal visitam a Cidade Administrativa

Comitiva realizou uma visita técnica para subsidia

Comitiva realizou uma visita técnica para subsidia

Download

O modelo de operação e logística da Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves chamou a atenção de servidores do Governo do Distrito Federal que realizaram, nos dias 18 e 19 de março, uma visita técnica na sede do poder executivo mineiro. Acompanhados da subintendente de Gestão do Ambiente Ocupacional, Márcia Moraes, e da diretora do Núcleo de Operação e Logística da Intendência, Marilene Bretas, o grupo participou de palestras com os técnicos que gerenciam as dependências da CA. O trabalho envolveu temas como seguraa predial, manutenção, tecnologia da informação e logística, além de conhecer as especificações técnicas de procedimentos internos da Intendência, entre outros.

 

Segundo o diretor de Compras da Intendência, Gabriel Lara Rodrigues, a visita vai subsidiar o grupo na implantação do projeto do Centro Administrativo do Distrito Federal. “Eles vieram conhecer a nossa experiência com a implantação da Cidade Administrativa. Isto é muito importante, pois este tipo de cooperação técnica entre os estados federados, baseada no princípio republicano, é enriquecedor”, explicou o diretor.

 

Entre os temas abordados, o tenente do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Fellipe Maciel, fez a apresentação do plano estratégico de seguraa. No segundo dia do encontro, o funcionamento do setor de protocolo fez parte da agenda de inovações na parte administrativa das secretarias e órgãos do Estado que utilizam o serviço de correspondências.

 

Para o diretor de Administração do Anexo do Buriti do Distrito Federal, Rafael Cavalcante, a experiência mineira pode contribuir muito para o sucesso do projeto do DF. “Conhecemos a experiência da Cidade Administrativa no Consad (Conselho Nacional de Secretários de Estado de Administração) e como a nossa demanda é parecida, decidimos conhecer o ambiente, as funcionalidades, entre outros. Queremos aproveitar tudo o que deu certo”, explicou.

 

A arquiteta Érika Luz, destacou a gestão centralizada como um dos pontos mais interessantes. “A centralização dos sistemas de gestão de software para agendamento de salas de reunião, controle do ar condicionado, frota, tudo isso gera um ganho de tempo e de qualidade na prestação dos serviços”, ressaltou a servidora do Distrito Federal.

 

Fonte: Agência Minas





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!