Em 19/03/2013 às 14h57

Secretaria de Saúde e Polícia Militar se unem no Combate à Dengue

Policiais militares serão capacitados para ajudar

Policiais militares serão capacitados para ajudar

Download

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) promove, nesta terça-feira (19), na Academia de Polícia Militar, em Belo Horizonte, capacitação sobre o combate à dengue para 200 policiais militares. O objetivo é que os policias ao voltarem para seus batalhões de origem multipliquem o conhecimento adquirido no treinamento.

 

Com a incidência de casos aumentando em Minas Gerais toda ajuda é necessária. Por este motivo, a SES/MG firmou esta parceria com a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) para que unindo esforços o combate à dengue se solidifique. Até o momento, foram notificados 93.184 casos de dengue em Minas Gerais.

 

O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques abriu os trabalhos mostrando um panorama da dengue em Minas Gerais e falou sobre a reintrodução do Sorotipo DEN-4 no território de Minas Gerais. “Esse sorotipo não circulava no Estado há quase 30 anos. Desta forma, a maior parte da população com menos de 30 anos está susceptível à infecção pelo vírus. Entre os meses de novembro e maio, historicamente observa-se maior concentração no número de casos de dengue notificados em função das condições climáticas favoráveis. No ano de 2012, quando muitas cidades elegeram novos prefeitos, o registro e envio de informações sobre a dengue ficaram prejudicados, o que ocasionou uma certa morosidade na divulgação dos dados. Diante dos números reais, a SES/MG busca combater a dengue em todo o Estado de Minas Gerais de forma efetiva”, explicou.

 

De acordo com Chefe do Estado Maior, coronel Divino Pereira de Brito, “estamos tendo um gesto de colaboração com a SES, que é o combate à dengue, porque é uma preocupação de todo o governo. Deixo bem claro que não estamos abrindo mão da nossa missão, que é o policiamento e a paz social que nós buscamos 24 horas por dia. Mas temos total interesse em colaborar com a sociedade. Com isso, também vamos ajudar a salvar vidas, que é o interesse de todos nós”, reforçou.

 

Credibilidade

 

A Coordenadora do QG da Dengue da SES/MG, Geane Andrade, explica o porquê a PMMG foi escolhida para apoiar as ações da SES/MG no combate à dengue: “Primeiro por fazer parte do Governo de Minas e por ser um dos órgãos que possuem maior capilaridade. A PMMG abrange todos os municípios mineiros e isso aumenta a nossa abrangência com a população. Fizemos um apelo, por meio do comitê gestor para os outros órgãos do governo de Minas e a PMMG prontamente se manifestou a favor dessa ajuda”, explicou.

 

Questionada sobre como a PMMG poderia auxiliar as ações da SES/MG, Geane Aparecida Almeida Andrade completou: “Em primeiro lugar vamos multiplicar a informação do controle do vetor, como evitar a dengue, como prevenir a doença. A credibilidade que a polícia possui é muito grande, por isso acreditamos que a população seja mais receptiva quando a informação partir de um policial e nossa ideia é que as pessoas usem de forma mais efetiva a informação para poder se proteger”, afirmou.

 

O policial irá divulgar as informações adquiridas com a capacitação nas associações de bairro, nos clubes, igrejas, escolas. “Além disso, parte dos policiais que estão sendo capacitados são médicos. Eles estão aprendendo sobre o protocolo clínico da dengue, assim estarão aptos a diagnosticarem com maior precisão e realizarem uma abordagem terapêutica mais adequada”, completou.

 

O Coordenador de Mobilização Social da SES/MG, Joney Fonseca, salienta a importância de ter a PMMG como parceira e enfatiza que a polícia não terá uma ação fiscalizadora e sim auxiliará os agentes de saúde na divulgação de informação adequada sobre a dengue: “Eu acho extremamente importante que todos os segmentos da sociedade se envolvam no processo de prevenção contra a dengue. Mas como? Divulgando informações sobre a dengue, mas informação qualificada sobre a adoção correta hábitos preventivos que a população até sabe, mas não põe em prática. Então quando chega um parceiro como a Polícia Militar, que tem uma credibilidade e é uma autoridade perante a população, essa informação qualificada ganha maior peso”, afirmou.

 

Participaram do treinamento o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, o Chefe do Estado Maior, Coronel Divino Pereira de Brito, o Subsecretário de Vigilância e Proteção à Saúde, Carlos Alberto Pereira Gomes, o Diretor de Saúde da PMMG, Coronel Jader Mendes Lourenço, a Diretora Técnica de Saúde da PMMG, Coronel Tânia Pereira dos Reis Aguiar e o Assessor de Saúde do Corpo de Bombeiros, Coronel Vinícius Fulgêncio.

 

Fonte: Agência Minas





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!

desenvolvido por: