O corpo humano é uma máquina e precisa de manutenção e cuidados para manter-se saudável. Cada vez mais cercados de comodidade e de controles remotos, vamos, lentamente, deteriorando nosso complexo organismo, mas nossa fisiologia revela que fomos feitos para o movimento. Não evoluímos durante milhões de anos para ficar esparramados no sofá, vendo televisão, ou sentados diante de um computador! 

O corpo precisa de movimento. A prática regular e bem orientada de atividade física pode trazer inúmeros benefícios ao organismo, como manter a pressão arterial em níveis normais, revigorar o coração, melhorar a postura corporal, fortificar os ossos, reforçar o sistema imunológico, controlar os níveis de açúcar, promove o equilíbrio hormonal, aliviar os sintomas da TPM (nas mulheres), proteger a próstata (nos homens) e favorecer o sono, o bom-humor e a auto-estima.

Uma hora de atividade física, corretamente praticada, pode render até duas horas a mais na vida de uma pessoa. Mas atividade física não é sair correndo, com o "coração na boca", pois exercício em excesso é tão prejudicial quanto a ausência dele, podendo causar fadiga, dores de cabeça e muscular, arritmia cardíaca, hipertensão arterial, insônia, tensão facial, queda de cabelo, inchaço, entre outras. Além disso, estimula a produção de radicais livres, responsáveis diretos pelo envelhecimento precoce e pode gerar ansiedade, raiva, angústia, impaciência, depressão e queda na capacidade de concentração.. É preciso buscar o equilíbrio, sempre! Para isso, esteja atento aos limites saudáveis, qualquer que seja a prática escolhida. 

A atividade física pode fazer muito pela sua saúde física e mental, desde que bem orientada. Antes de iniciá-la, é preciso fazer uma série de exames para avaliar seu estado de saúde atual e saber qual é a prática adequada ao seu perfil e/ou necessidade. 

Hoje, existem muitas opções de atividade física. Se você está há muito tempo sem se exercitar, procure identificar alguma que lhe agrade e dê o primeiro passo. Visite academias, faça aulas experimentais, converse com pessoas da sua faixa etária que pratiquem a modalidade escolhida e avalie se o acesso ao local é fácil para você.

Para deixar de ser sedentário, você não precisa ficar horas nos aparelhos de musculação nem correr dez quilômetros diariamente. Meia hora de atividade física por dia é o suficiente! Você pode começar com caminhadas no bairro em que você mora. Basta um tênis, uma roupa confortável e, se achar desagradável andar sozinho, é só arrumar um cãozinho e levá-lo para passear. Sua caminhada solitária se torna perfeitamente justificada, sem contar que ter um bichinho de estimação faz bem para o coração.

Práticas ao ar livre devem ser feitas bem cedo. De qualquer modo, proteja sua pele com um bom filtro solar, e use bonés, viseiras ou óculos escuros, desde que as lentes tenham filtro de proteção contra os raios UV, para proteger seus olhos.

Não adianta se matar de correr no parque uma vez por mês. Vá com calma e seja constante. E se não quiser gastar dinheiro nem tempo indo a uma academia, tenha hábitos inteligentes no dia-a-dia, como caminhar uma parte do trajeto até o seu local de trabalho ou usar escadas em vez de elevador, por exemplo. Se você se exercitar de modo controlado, obterá disso muito mais do que condicionamento físico. Obterá saúde e físico e mental, que lhe trará serenidade e lhe permitirá viver de modo muito mais harmonioso. 


e-mail: lrsintonia@terra.com.br


Autor: Dr. Lair Ribeiro

Tags relacionadas: atividade física, bem-estar, saúde


Compartilhe:



Perfil

Palestrante internacional, ex-diretor da Merck Sharp & Dohme e da Ciba-Geigy Corporation, nos Estados Unidos, e autor de vários livros que se tornaram best-sellers no Brasil e em países da América Latina e da Europa. Médico cardiologista, viveu 17 anos nos Estados Unidos, onde realizou treinamentos e pesquisas na Harvard Unversity, Baylor College of Medicine e Thomas Jefferson University.
Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!